Governo de Goiás

Secretaria de Cultura

Procure o que você precisa:
Domingo, 26 de Outubro de 2014
História de Goiás
HISTÓRIA DE GOIÁS
04/08/2012 00h19 - Atualizado em 04/08/2012 00h23

 

Goiás despontou no mapa do Brasil graças ao brilho do ouro. As regiões auríferas chamaram a atenção do império que tratou de organizar bandeiras. A mais conhecida delas foi a chefiada por Bartolomeu Bueno da Silva (1722-1725), o Anhangüera, que encontrou as primeiras minas de ouro na região. Com ela se iniciou o povoamento branco e mestiço no território dos índios Goyazes.


Os primeiros anos foram de verdadeira “febre”. Ao pé da Serra Dourada, bem próximo às nascentes do Rio Vermelho, surge o Arraial de Sant’ Anna. O lugar é exposto a um clima quente e sem ventilação. Para os exploradores, isso não importava. A presença de ouro e água bastava. Em torno de Sant’ Anna, a mineração se expandia e multiplicavam os pontos de garimpo. Assim foram surgindo outros pequenos arraias, como: Ferreira, Barra, Anta, Ouro Fino e Santa Rita. A corrida do ouro tornou o território goiano foco de migrações. Com isso, novos povoados foram surgindo. Manuel Rodrigues Tomás, companheiro de Bartolomeu Bueno, descobre ricas jazidas na Serra dos Pirineus, em 1731. Assim, junto ao Rio das Almas, é fundado o Arraial de Meia Ponte (Pirenópolis).


 Para que as minas de ouro e diamantes fossem administradas de perto, o rei de Portugal decidiu mandar alguém para comandar a província e evitar o contrabando de pedras preciosas. Com essa missão, chega, em 1749, o primeiro governador geral Dom Marcos de Noronha, o Conde dos Arcos. Nessa época, a Capitania de Goiás deixou de ser vinculada à Capitania de São Paulo. Na verdade, a primeira capital do Estado foi Vila Boa, hoje cidade de Goiás, cujo primeiro núcleo foi o Arraial de Sant’ Anna.


Hoje com 250 anos, o Estado de Goiás é um dos mais prósperos do País. Possuiu 4 milhões e 848 mil habitantes. A principal atividade deixou de ser a mineração, passando a ocupar seu lugar a agropecuária. Goiás é responsável por 10 por cento da produção de grãos do País e tem o terceiro maior rebanho brasileiro. São 18 milhões de cabeças perdendo apenas para Mato Grosso e Minas Gerais.


 A capital, Goiânia, cuja pedra fundamental foi lançada em 24 de outubro de 1933, está no centro do País. Possui aproximadamente 1 milhão e 200 mil habitantes.

 

Fontes:
Enciclopédia Barsa - volume 7, pág. 81
Súmula da História de Goiás, 1982, pág. 61 
Anais da Província de Goiás - J.M.P. Alencastre, 1979
História de Goiás - Luís Palancín / Maria Augusta de SantAnna Morais, 1994, pág. 119
Governantes de Goiás e Símbolos Estaduais
Os Inquilinos da Casa Verde - Hélio Rocha, 1998, pág. 11 e 12.



 Principais municípios do século XIX

 

Município
Origem
Ipameri
1816

Itumbiara

1824

Quirinópolis

1832

Jataí

1836

Rio Verde

1846




 Principais municípios do século XVIII

 

 

 

Município
Origem
Cidade de Goiás
1727
Pirenópolis
1727
Santa Cruz de Goiás
1729
Corumbá de Goiás
1730
Niquelândia
1735
Cavalcante
1740
Pilar de Goiás
1741
Luziânia
1746

 

 


Pça. Dr. Pedro Ludovico Teixeira, No. 26, Centro, Goiânia-GO, CEP: 74003010

© Copyright 2013. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento